Uma visão correta sobre o amanhã

"Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal." (Mateus 6.34)

Entendo que planejar a nossa vida é um princípio bíblico - "Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre (amanhã), não se assenta primeiro (hoje) para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir?" (Lucas 14.28 - ênfase minha).

 

Porém, nós devemos viver de maneira equilibrada - nem viver de maneira irresponsável sobre o amanhã, nem se preocupar em demasiado com ele.

Quero chamar a atenção para dois grandes problemas de nossa sociedade: a protelação e a ansiedade. A primeira diz respeito ao péssimo hábito que temos de deixar tudo para amanhã, e a segunda diz respeito a nos preocuparmos em demasiado com o dia de amanhã.

Nós somos culturalmente conhecidos como um povo que deixa tudo para a última hora. É quando vamos entregar a declaração do imposto de renda, quando vamos pagar alguma conta, ou fazer qualquer outra coisa. Para constatar isso, basta dar uma olhada no corre-corre do centro da cidade (principalmente nos dias de pagamento das contas).

Deixar tudo para amanhã é um grande perigo! Porque não conseguimos imaginar como será o amanhã, e em se tratando da salvação, ou melhor até, de uma vida de compromisso com o Senhor, o perigo é maior ainda. Os jovens pensam que são donos do amanhã - por isso deixam tudo para amanhã, os velhos pensam possuir experiência suficiente para interferir no seu amanhã - por isso pensam que podem prever o amanhã, mas a grande verdade é que ninguém, exceto Deus, é dono do amanhã!

O texto de Hebreus 3.13 exorta a todos para que se entreguem ao Senhor no dia que se chama Hoje: "Exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado". Isso, porque é hoje que estamos vivos! Quem pode nos garantir estar vivos no dia de amanhã, para então nos entregar ao Senhor?

Não espere para entregar sua vida ao Senhor! Não pense que estará perdendo tempo para aproveitar as coisas do mundo. Na verdade, quando você faz uma decisão ao lado de Cristo, estará experimentando aquilo que o mundo nunca poderá lhe oferecer. É exatamente o que Ele quis dizer quando comparou o Reino dos Céus com um homem que encontrou um tesouro escondido no campo (Mateus 13.44), ele se dispôs de tudo o que tinha, para ganhar aquilo que ele nunca teria condições de obter mediante seu próprio esforço.

No texto de Mateus 6.34, Jesus fala sobre a questão da ansiedade. É bem verdade também, que muitas pessoas não vivem o dia de hoje se preocupando em extremo com o dia de amanhã, mas Jesus insiste: "O amanhã trará os seus cuidados". Quem vive pensando no amanhã, não vive o dia de hoje! Diversas pessoas estão sofrendo um dos grandes males da atualidade - o stress - porque se preocupam em demasiado com o amanhã. É muito interessante que a Bíblia menciona 355 vezes a palavra "hoje", e apenas 64 vezes a palavra "amanhã", o que nos mostra que devemos nos preocupar mais com o dia de hoje do que com o dia de amanhã!

Que cada um de nós possa ter o equilíbrio necessário para viver o dia de hoje de maneira agradável a Deus e pensar no amanhã como um dia, que se Ele permitir chegar, será repleto de realizações na Sua força!

Pr. Franck Neuwirth